Saturday, June 30, 2012

futebol: acabou

O raio dos alemães terem perdido não estava nos planos. 
Lá se foi o meu 3º lugar no ranking das apostas.
Nem eu nem Portugal ganhámos desta vez. 

Thursday, June 28, 2012

yes, he made it!

Pois o Socialismo, o bicho papão (uuuuhhh buga buga buga), hoje deu o ar da sua graça no outro lado do lago. O senhor Barack conseguiu levar a sua avante e agora, os pobres de carteira mas não de espírito, já vão poder ter a possibilidade de serem tratados como gente quando estão doentes. 
Nem quero imaginar a quantidade de "manteiga" que teve de ser besuntada nas patas daqueles porcos para o raio da lei passar. Mas para que serve o dinheiro, né verdade minhas amigas?! 

Não sei os detalhes do que irá acontecer na práctica, mas tenho confiança que as seguradoras vão arranjar um loop-hole qualquer para o zé povinho não se ficar a rir... Vamos ver, pode ser que me engane. Já me tenho enganado noutras ocasiões... :P

acho mali, mali

O meu amigo Facebook bafejou-me hoje com a magnífica visão de 2 das coisas que acho mais ofensivas, aos sentidos e à razão, que  me podem pôr à frente dos olhinhos: panças de gente prenha e fotos de criancinhas! Pelo amor da santa! Parem com isso!

1º Panças grotesca não são giras! As estrias vermelhas não são bonitas, os umbigos projectados nojentamente para fora não são NADA sexys. Minhas amigas, querem dizer ao mundo que estão prenhas, escrevem simplesmente no vosso estato (uma vez que já ninguém acredita na merda de emails PRIVADOS): estou grávida. Pronto. Todos sabemos o que se vai passar a seguir! 

2º Já alguém, por acaso, ouviu falar de predadores sexuais, pedófilos, gente maluca dos cornos...hmmmmm???? E alguém já ouviu falar dos problemas de segurança do Facebook, do modo como é fácil sacar as fotos das pessoas ou qualquer tipo de informação que as pessoas DELIBERADAMENTE põem naquilo? (nota extra da autora: aquela aplicação da localização é simplesmente o cúmulo!!) Como é que alguém é capaz de pôr no Facebook fotos das suas crias de fato de banho, de vestidinhos, andando a cavalo, brincando aqui e ali (tipo Anita)... Tá tudo doido?? 

A sério... eu não compreendo. Vocês percebem? Expliquem-me!


ia fondo, mas não sendo

Devo confessar que o facto de estar num bar cheio de espanhóis e sendo eu a única portuguesa, acendou qualquer coisa patriota dentro de mim e roí as unhas a torcer por Portugal. Os espanhóis têm este efeito numa pessoa. Estrebuchei na cadeira, disse muitos palavrões, gritei, bati palminhas... o pacote completo. Fiz o meu papel e fi-lo com alma e coração. Por isso, gente que me cascou no post anterior: estou redimida!
Pois que foi um jogo horrível (do ponto de vista do espectador), muita chance perdida (não vou falar do Ronaldo pois não temos tempo)... e no final... o esperado. Nada que centenas de anos de história não nos tenham ensinado, porque é que ainda estranhamos?
Oh well... Let the bettings continue!

Monday, June 25, 2012

a batoteira em acção

Eu gosto de jogar. Tudo. Jogos de tabuleiro, cartas, pura sorte, tudo que ponha a prova as minhas capacidades cognitivas, destreza ou só mesmo para participar numa qualquer competiçãozinha (ai, sim, isso é que me acende os circuitos)... estou lá! E se for a dinheiro, estou lá inda mais! :)
Por isso, foi impossível resistir a umas apostazinhas que fizeram lá no meu trabalho sobre o euro (já num post atrás mencionado).
Pois que hoje sairam mais uns resultados intermediários e eis que aqui a vossa amiga entrou no top 3 (3º lugar partilhado com uns 5 marmelos :P). Os tipos que estão em primeiro e segundo não estão assim tão longe pelo que tenho boas hipóteses de ganhar. E mesmo que não ganhe, o bolo é repartido pelo 1º,2º e 3º lugar. Por isso, há uma boa possibilidade de ainda ganhar algum! MUAAHAHAH.
Agora... se Portugal ganhar... posso dizer adeus ao bolo... 

Força ESPANHA! 
(o que vale é que ninguém vem ler isto...)


Sunday, June 24, 2012

Midsummer Eve

O midsummer, propriamente dito, também é aqui conhecido por S. João (Johannes Kastaja). É verdade... o cristianismo e os seus tentáculos de novo ao ataque... 
Quinta feira 21 foi o dia mais comprido do ano, com cerca de 19 horas de sol (e 24 de claridade), sexta foi feriado (yuppi) e sábado foi então o "midsummer day".
Toda a gente fugiu para as suas casa de campo. A cidade ficou deserta. Os coitadinhos que cá ficaram foram para a beira mar, para os parques, fazer barbecus, comer e beber. Eu, como turista que sou, fui para a festa de S. João mais famosa da cidade, na ilha de Seurasaari (que normalmente é uma ilha museu), onde houve demonstrações de folclore, música tradicional, teatro, animação e fogueiras (sim, as do S. João).

O folclore tem muitas influências da Polónia e da Estónia,  muito elegantes, com bonitos padrões e cores. Tudo muito selecto e ordenado, como não podia deixar de ser. Tive o prazer de fazer parte da dança inicial à volta do mastro, pois fui convidada para bailar por um senhor (engenheiro aeronáutico) elegantemente trajado. It was cool! :)



a içarem o mastro (também tradicional em alguns sítios em Portugal)
o mastro içado
 A ilha é suposto recriar o antigamente, demonstrando as casas, os ofícios, a sociedade da época.  

aqui dentro guardavam as canoas, estão a ver? 
Fiquei positivamente surpreendida por terem o cuidado de anunciarem o programa em várias línguas. É para turista meeeeesmo!
Depois de ouvir música tradicional e de assistir a uma peça de teatro, foi vez de acenderem as fogueiras.  


o "anfiteatro" para miragem das fogueiras
as pessoas estão já ali à esquerda...estão a ver?? Cá gandas tansos!
vários tamanhos e feitios
the sun set at Seurasaari :)

A festa continuou como em todo o lado: a cozer a bebedeira, dançando e comendo... 
Afinal, somos humanos... não interessa o local... 

o meu amigo Ramiro*

Sabem aquelas músicas/grupos que gostaram há uns anos, em que os ouviam avidamente, non stop... mas o tempo passou, ela não voltou e outros sons aparecerem e vocês dedicaram-se a ouvi-los também avidamente? Ficam num canto especial da vossa memória que, quando é activado, tudo volta ao ponto inicial. Compreendem de imediato porque gostavam daquela música, as letras vêm à boca tão naturalmente como saliva quando olham para um limão, tudo faz sentido como se não tivesse passado tempo nenhum.
Obrigado, VH1 classic.  Neste momento a passar um especial Jamiroquai.
E o que acabei de descrever no 1º parágrafo, aconteceu-me. Esta música que partilho aqui é, sem sombra de dúvida, a minha pick-me-up song favorita de todos os tempos, a que usava quando me estava a arranjar para sair com as minhas amigas no Montijo no sábado à noite. É só tonalidades positivas e ritmo contagiante!

Precisam de serem picka-upadas?? carreguem no play... :)



* É o meu "pet-name" para o Jamiroquai. 

Saturday, June 16, 2012

as 4 estações

Era a minha ideia que esta história das 4 estações se passava em praticamente todo o continente europeu em geral e em particular  em todo o mundo, excepto nos trópicos e nos pólos. 
Também verdade seja dita, nunca me tinha debruçado muito sobre o assunto pois parece-me um bocado óbvio. 
Pois aqui, mais do que 1 pessoa me veio com a conversa que a Finlândia é muito bonita pois "tem as 4 estações perfeitamente definidas". 
Well... DAH!
Não sei se estavam à espera de passar de lagos gelados, árvores nuas e solos com 5 metros de neve a copas luxuriosas e cheias de frutos de um dia para o outro. É CLARO que tem de haver Primavera e Outono. A questão aqui prende-se com a duração destas estações assim como com as temperaturas atingidas...
Enquanto que num país como deve ser a coisa se distribui de um modo equalitário, aqui é mais:
6 meses de inverno (-20ºC anyone?)
1 mês de primavera (É tudo a despachar! Sente-se a urgência da flora no ar!)
2 semanas de verão (está a começar. Sol, praia e tudo a que temos direito com 20 e tal graus de máxima)
4 1/2 meses de Outono (que também diz que é muito bonito, estou cá para ver).

De facto, as estações estão lá. E é isso que eles vêem. E é isso que eles celebram!

É tudo uma questão de perspectiva e de referencial. 

Eu (como pessoa e como organismo) estou a começar a ajustar o meu ponto de origem (0,0) e qualquer dia isto até já faz sentido... NOT! :P

Thursday, June 14, 2012

amor à camisola

Não tenho. 
Sou uma portuguesa desnaturada. 
Ah e tal é a selecção. Pois é. Mas não deixa de ser futebol, que me enerva. 
Tanto pelas madames que andam a correr pelo campo ganhando as fortunas que ganham para darem uns pontapézinhos aqui e ali, como pelas actuações shakespearianas, merecedoras de Óscar, que teimam em desempenhar de 5 em 5 minutos.
No meu trabalho há umas apostas a decorrer. Eu preenchi o meu boletim e, baseando-me em estatísticas e no senso comum, obviamente que não pus Portugal a ganhar o que quer que seja (nem juízo!).
Pois que ontem fui ver o jogo a casa de um casal de portugueses que trabalha comigo, com mais uns quantos patrícios. Fui porque  sempre é uma desculpa para socializar. 
Acontece que Portugal até ganhou.
Quem diria.
E não me deu nem por dentro nem por fora.
Estou a transformar-me num monstro? Ou é por ser futebol? 
A little of column A and a little of column B...

Wednesday, June 6, 2012

I am back

Pensavam que se safavam de mim? Era o Tan(i)as!

Pois que as coisas já vão andando mais orientadas, já não me sinto totalmente estúpida no meu trabalho, já não me sinto tão desorientada, já consigo dormir até quase à hora de me levantar sem acordar com a claridade ás 4 da manhã, já não tenho tanto frio, já tenho os papéis todos, já fui ao médico ver do meu pézinho e parece que a coisa tem resolução, já me armei em turista, já fui ao mercado, já conheço mais gente no trabalho, já fui beber uns copos com outros estrangeiros que por cá andam, já comi carne de rena, já cantei com o coro de e para o meu trabalho, já fui ao cinema, já tenho a casa totalmente habitável, já fui ao Lidl, já fui a Roterdão e voltei, já tive visitas, já comprei carne a 30€/Kg, já tenho um telemóvel finlândes (depois explico como isso é uma façanha!)...

... ainda não fui à sauna (e tenho uma em casa), ainda não fiz ski, ainda não nadei no Báltico, ainda não tenho amigos finlandeses (nem de outros países...), ainda não consegui comprar roupa nem sapatos nem malas (é tudo absurdamente caro - estou à espera dos saldos), ainda não sei falar mais que 2 palavras em finlandês, ainda tenho coisas na Holanda, ainda me espanto com o facto de ser 11 da noite e ainda ser de dia, ainda não vi nenhum urso, ainda não comi umas bagas amarelas muito bonitas, ainda não tomei banhos de sol na minha varanda, ainda não consegui ver cerejas a menos de 7€/Kg, ainda não fui ver um concerto aqui, ainda não me habituei que salmão é o rei, ainda não me arrependi de me ter mudado, ainda estou sã... até ver! :)

Isto até é bonito, pá!
(ponto de vista de uma ilha ao largo de Helsinquia)