Wednesday, March 21, 2012

crepúsculo

Por todo lado (na internet, claro, pois que a vida real não se preocupa com essas coisas), há menções à poker-face da Bella, do ar de enfadonho e esquálido do Edward e do corpanzão do Jacob. E eu sem puder mandar a minha laracha pois desconheço toda a literatura e filmografia da tão internacional e "conceituada" Twilight saga
Pois já tinha decidido que tinha de ver! E ontem a oportunidade surgiu. E vi o último, o do casamento. Foi de ir ás lágrimas... de tão desinteressante que foi! Mãezinha! Que horror!! 
E sim, é tudo verdade. A tipa anda sempre com ar de quem tem de ir cagar a todo o instante. O vampiro e os seus muchachos todos branquinhos, com ar europeu (mas no entanto andam durante o dia ao sol... essa parte não percebi... não sei se são primos do Blade) Os lobisomens com ar de mexicanos e nativos-americanos. Porquê? não sei... preconceito much?!
A história é assim a atirar para o péssima!! Mais de metade do filme é casamento e lua-de-mel. Aquele romance já tão tão tão batido... i love you para aqui e para ali, aquelas frases tão originais como umas calças de gangas. Depois a gaja fica grávida e o puto consome-a e ela quase que morre mas não. Ta-da!
Se tivesse gasto dinheirinho a ver isto... ia ficar muito triste. Como não gastei, foram só 2 horas da minha vida que não vou recuperar...  a juntar a tantas outras... 
Em contrapartida, ontem fiquei a conhecer a existência de um documentário sobre os Doors, "When you're strange". Segundo a wikipédia (e eu não sabia), a versão do Oliver Stone é um bocado pipoca, contendo variações ad lib e não verdadeiras da vida do Jimmy. 
Estou muito curiosa. 

1 comment:

Anonymous said...

Epá este docomentário dos Doors promete!!! Estive a ver o trailer no you tube muito bom. E o Johnny Depp a narrar.... hummm :D
I'm a very happy girl!!
Ana