Tuesday, January 3, 2012

food: a weekly plan

Quando me desoriento com a comida, brado aos céus PORQUE É QUE NÃO ME ORGANIZO?! Sou tão orientadinha para tudo mas quando respeita a jantarinhos e comidas pareço uma atrasada mental. Tenho a arca atafulhada de coisas, nunca tenho o que preciso ou que me apetece no frigorífico, quase que tenho de ir diariamente ao supermercado (que gosto tanto)... sou uma autêntica desilusão! 
A culpa disto é da minha mãezinha! Desculpa lá, mommy, eu sei que estás a ler isto e a dizer ?!EU?! com um tom estridente, mas sim. Eras muito psicótica com a comida, com as horas das refeições. A primeira coisa que fiz quando me apanhei sózinha foi *nunca* comer a horas! E estar-me completamente a cagar sobre as refeições do dia seguinte! Sei lá o que me vai apetecer comer amanhã? Deixei de planear and I just go with the flow...
Calma lá, Maria Fernanda, não estou a dizer que estavas errada! Antes pelo contrário. Tu és a rainha! Muito trabalhinho para proporcionar à filhinha uma alimentação saudável e variável. Acontece que eu não tenho descendência e como tal ainda não tenho essa força motriz a ajudar-me a manter consciência sobre este tema. 
Mas lá diz o outro "Ano novo, vida nova" decidi deixar-me de merdas e acertar os ponteiros com a cozinha. Detesto ir ao supermercado, já não posso ver sandes à frente e nunca sei o que hei-de comer quando chego a casa... Isto tem de acabar! 
Andei para aí a ler que um weekly plan das refeições era the way to go. Peguei nos dedinhos e fiz uma folha em excel, com listas com variadas receitas (ainda está muito pobrezinha) e no domingo decidi o que comer durante a semana. Dá para planear uma alimentação muito mais saudável, pois podemos claramente ver quantas vezes se come carne, que tipo de hidratos de carbono e vai-se jogando com as receitas até que todas as fatias da roda dos alimentos estejam presentes.
De seguida, fiz a lista das compras com o que precisava para os confeccionar. Done.
É um plano semanal flexível, que inclui tachos grandes, receitas de aproveitamentos, um "take away" e uma sandes (porque ainda tenho muito queijo e fiambre que tenho de acabar). 
Neste momento ainda tenho de me forçar a cozinhar. A coisa ainda não sai naturalmente. Passo metade do tempo de roda da loiça, o que me aborrece... Mas vai-se fazendo e espero que vá melhorando, assim como a minha base de dados de receitas vá aumentando. Estão livres para darem sugestões. 

Outra coisa que decidi implementar: levar cafézinho Delta (enquanto houver) num termo de manhã para o trabalho e bebericá-lo enquanto acendo o Pc e vejo os mails... hhhmmm... Nada melhor que um bom café forte para nos dar energia para aguentar 8 horas ali dentro. Se vocês imaginassem o HORROR de bosta de cavalo que eles têm nas máquinas para bebermos... 
Tenho MUITAS saudades das bicas... Tenho sim... e não me venham cá com Nespressos, que não é nada a mesma coisa. 

3 comments:

Nuno said...

o mais facil é fazer a tabela de excel e tudo mais, qnd chega a parte de cozinhar é sempre pior.
mas não desistas! o mais dificil é criar a rotina...

tsf said...

Podes crer...ontem fiquei quase 4 horas agarrada aos tachos a cozinhar jantar e almoço e um bolinho... Isto depois de um dia de trabalho sem máquina de lavar loiça... REPITO: sem máquina de lavar loiça... É uma seca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

margarida said...

:) São aqueles minutos em que nos sentamos em frente da folha (de papel, ou de excell) que custam como o diabo, mas depois olha, 5 minutos no máximo e já está!
Bom apetite *