Wednesday, January 4, 2012

mixed feelings

Claro que gosto de música e gosto muito ouvir música ao vivo. CONTUDO, tenho de admitir que não gosto muito de ir a concertos, daqueles que temos de ficar em pé e dançar e ter de levar com o suor, ranho e lágrimas das pessoas que nos rodeiam. Não tenho feeling para a coisa. Não sou muito de dançar, não sou muito de exteriorizar, estou ali para ver e ouvir os senhores, estou atenta aos intrumentos e estou concentrada. Ser distraída por uma cotovelada ou por dores nas pernas não está com nada! 
Sou comodista? Talvez também não ajude muito, mas estar desconfortável, de facto, na minha perspectiva, não ajuda muito a melhorar a experiência.

E depois há outra coisa: os bilhetes. É de doidos! Um balúrdio! Já quando eu era pobrezinha, nunca me passou pela cabeça ir a um festival de verão e gastar aquela dinheirama toda! Nunca fui a nenhum. Fui ao Pop em Chelas porque arranjei desconto, caso contrário, ia morrer sem lá pôr os cotos. Ainda agora que já não sou tão pobrezinha, custa-me muito gastar este tipo de guito para uma coisa que gosto, mas não amo. E digamos também que não há assim tantas bandas hoje em dia que me façam perder a cabeça e cometer loucuras monetárias. Dava o meu tomatinho esquerdo para ir ver os U2 de antigamente, ou os Doors, ou os Queen... :P mas prontoS!

Estava por aqui a dar uma volta. Tanto os Kasabian e os Dropkick Murphys vêm cá. Gosto do som deles, sim senhora, mas daí a gastar quase 8 contos (cada um) para os ir ver? Não, não me parece. 

2 comments:

Anonymous said...

Olá!!! Essa relutância em ir ver concertos que exigem estar de pé deve ser de família :)... mas tens de arriscar a ir ver um à maneira!! Garanto que as dores de pés e costas valem a pena :) o que de facto não está com nada são os preços astronómicos... Mas temos de sustentar as mansões e luxos dos senhores!
Beijinho*Maf

tsf said...

Oi Mafaldinha.
Eu tento, já fui a muitos concertos... mas quando é dos que tenho de ficar de pé, passado uma hora já estou desejosa de me vir embora, já chega. Porque um a pessoa nunca vai à hora do concerto, vai sempre antes e toca de esperar... não tem piada... :s