Monday, August 15, 2011

it's not my type

Cada vez que vejo algum site escrito em Comic Sans dá-me vontade de espetar um garfo no olho do "webmaster" responsável por esse ataque aos meus sentidos. Não dou crédito a nada que esteja escrito com essa letra. Para mim, esse tipo está associado a iliteracia e só o tolero em algo associado a escolas primárias e infantários.  
Qual não é o meu espanto quando fui trabalhar para a Faculdade e VI COM ESTES OLHOS QUE A TERRA HÁ-DE COMER, pessoas a entregarem trabalhos de mestrado e de doutoramento com esta letra!!! Quem é esta gente???? Eu quero viver num mundo em que pessoas como estas existem?? 

E aposto que só não escreveram a tese nessa fonte porque para isso há regras e Times new roman é que é. O que vale é que há pessoas inteligentes para protegerem os pobres de espírito de chacota universal.



3 comments:

Ana Santos said...

Concordo plenamente contigo. Odeio o Comic Sans. Não há razão para utilizar esta fonte em trabalhos ciêntificos ou o que quer que seja. E o nome Comic Sans já diz tudo, quem é que quer escrever uma tese em que o nome da fonte comece com Comic?? Pessoas sem cabeça é o que é

morbidi said...

Bem, estive a ler extensivamente sobre o assunto, pronto, não foi extensivamente, passei 30 minutos a olhar para a razão a qual foi inventado o comic Sans e a razão porque as pessoas a odeiam, e foi dificil encontrar uma razão, compreendo que se abomine tal fonte mas esta foi feita apenas para contextos infantis, alias, foi feita para uma aplicação que era usada em contextos infantis, a fonte tem o seu lugar... não deve é ser usada noutros contextos! Até há pessoal que a usa para programar porque distingue os caracteres que geralmente são de dificil distinção! e.g. : 1 l , ( { [ e assim por diante!

tsf said...

obrigado pelo esclarecimento... programar ainda é como o outro, que não é para se ver... em qualquer outro contexto: NÃO!
E sabes tão bem quanto eu que há por aí muita gente infatilóide que gosta de usar isto em tudo! E onde trabalhava era o prato do dia... you know it's true!