Sunday, June 19, 2011

tenho uma maria callas dentro de mim


...e a estúpida não quer sair...

Hoje estive a ver um documentário sobre a produção de álbuns que marcaram a história da música, Queen, Frank Zappa, U2, Pink Floyd (entre tantos outros).
No final, uma pessoa sente-se muito pequenina. Não tenho mesmo talento nenhum... :( 
Ainda tenho a mania que sei cantar, mas também tenho a perfeita consciência que nunca vou ser grande coisa, que há tanta gente bem melhor, e contento-me apenas em participar num coro. 
Aproveito para anunciar que vou a uma audição em Agosto para um coro que canta com a filarmónica de Roterdão. Quem sabe, estou no caminho certo para alguma vez na minha vida cantar o coro das ciganas na Carmen (ver videozinho abaixo, sff) :D

Nem a minha tentativa de criar uma banda de covers para percorrer os bares de Spijkenisse deu resultado, mas obrigado a todos os 2-3 que se disponibilizaram a apoiar a causa. :P 

Não sei pintar nem tenho grande imaginação, não sei fazer música mas sei tocá-la e interpretá-la. Gostava de um dia ainda fazer alguma coisa de jeito com isso...

A esperança é a última a morrer! 


Nota da autora: a senhora que faz de Carmen até canta bem, mas alma... tá quieta oh preto... Minha rica Callas. Tinha uma voz boazinha mas era poderosa em palco. Vão ouvir falar mais dela neste blogue que ando um bocado obcecada com a senhora.... ;) Caso ainda não saibam, considero a ópera the final frontier. Só génios escrevem óperas. Só pessoas dotadas as conseguem cantar. Só pessoas extraordinárias conseguem encarnar as personagens. Não me importava ser uma delas mas acho que já perdi o comboio...  

No comments: