Monday, April 25, 2011

Tuesday, April 5, 2011

o caguinho

Já ando outga vez de cu tgemido!
Fiquei imensamente triste quando tive de me desfazer do meu carro, companheiro de desventura. Niguém gostava dele, ou porque era velho, ou porque estava sujo ou porque era cor-de-rosa! Gente fútil, são o que vocês são!!! 
Era o meu carrinho, comprado com o dinheirinho que custou tanto a ganhar, que me levava para onde queria, campo, praia ou cidade, lá ia ele, cheio de boa vontade! Sempre com grande entusiasmo, sem reclamar, aguentava tudo o que lhe aparecia à frente com um sorriso!
Como toda gente, houve alturas em que me deixou ficar mal... mas eu perdoei. 
Tive de o vender por uns trocados pois a minha nova vida assim o exigia. Espero que o seu novo dono o tenha em tanta estima como eu. Que não se importe de ser constantemente gozado por ter um carro cor-de-rosa. Que o defenda com unhas e dentes quando dizem algo feio e mau sobre ele! 

Não era cor-de-rosa. Era vermelho-Ferrari-beijado-pelo-sol!
Essa fase da minha vida já lá vai e este novo episódio já me permitiu sentir na minha face rosada e sardenta o rigor do inverno holandês. Sair do trabalho à meia-noite e ter de pedalar até ao metro sob chuva, vento e um ar gelado não é nenhum piquenique!! Também já andei a brincar aos asnos e vim muitas vezes do supermercado com os alforges cheios. Também passo muito bem sem isso.
Por isso, havendo possibilidade, arranjou-se outro carro. Outro Hyundai, porque sou a prova comprovada que estes carros são resistentes, fiáveis e duradoiros. Vermelho, da cor dos meus lábios. E pequeno e económico porque estamos em período de crise financeira mundial. 
Apresento-vos: Hyundai i10 + Tania.


Tem vidros eléctricos, ar condicionado, comando centralizado de portas e cheira a novo (mas não é). É óptimo para estacionar, tem um porta-bagagens pequeno mas os bancos traseiros rebatem totalmente. Por isso não se preocupem com a vossa bagagem quando vierem visitar-me, pois cabe! :) 
Agora é aproveitar a primavera, o sol e o bom tempo, para conhecer a Holanda e a europa aqui ao lado. Acho que uma das primeiras viagens vai ser ali a Bruges... 

Citando Pulp fiction: Butch, mon amour, l'aventure commence! 

Sunday, April 3, 2011

alucinação

Quando tenho fome fico chata, rabugenta, impaciente. Talvez, se a coisa se proporcionasse, talvez até teria alucinações, porque não? É a minha única explicação para esta gente que vê a imagem do jesus na comida. É fome! Mais nada! 
Níveis baixos de açucar no sangue + níveis baixo de inteligência no cérebro = It's jesus on a pizza!


Ao menos pareceu-me que os repórteres estavam a dar a "notícia" com um certo tom de gozo que a "notícia" merece... which is nice!

Maybe the dingo ate your pizza!! (para ser lido com sotaque australiano, claro, a fazer lembrar isto :D )

Saturday, April 2, 2011

café lisboa

Tuga que é tuga (ou cabo-verdiano, ou angolano, ou moçambicano ou brasileiro) que more em Roterdão, conhece e frequenta o Café Lisboa. Fazem bom bitoque e feijoada, bebe-se a boa da cerveja da terra e fala-se português. 
Segundo o site, este local foi inaugurado pela altura do europeu de futebol em 2000 para celebrar este evento. 
Como todos sabem, sou amante incondicional de futebol e cerveja! Os dois juntos então... ui ui... tenho já aqui um orgasmo! Adicionando o facto de que os também amantes desta modalidade e que moram aqui em Roterdão, são a fina-flor da sociedade, o leitor está a indagar-se, espantado, porque raio é que ainda não pus o pézinho neste recinto! 
Passei por este café umas poucas de vezes e em todas elas deparei-me com espécimes à porta, com uma mini na mão... OK... cof cof... não quero incomodar... fica para outra vez. Hoje, dia glorioso, sol, temperatura amena, fim-de-semana, o povo saiu à rua. Apetecia-me mesmo mesmo uma bica, daquelas a sério, pois enchi a mula com sushi e quase não me conseguia mexer (sim, sou uma besta, não me consigo controlar com peixe cru!). Lembrei-me de passar por lá... Mesmo cenário, esplanada cheia, café cheio de gente que não interessa. Ainda por cima o café é Nicola!! NO WAY!! 
Sei o que estão a pensar: Nicola não é assim tão mau. Resposta: É! Não gosto!

Bottom line: Independentemente de quereres café e de só haver naquele sítio, não implica que tenhas de gostar/tolerar o que já não gostavas em Portugal pelo simples facto de estares longe da tua terra e seres "emigrante". Assim sendo, também tinha de passar a gostar de rancho folclórico, de Tony Carreira e de beber vinho zurrapa! Not gonna happen!

Isto é ser snob? É possível, mas assim como assim, já o era em Portugal, segundo muito boa gente!!! - You know who you are! :P