Sunday, March 27, 2011

tarantino

Hoje, este menino faz aninhos, 48 para ser exacta. Parabéns, pázinho!

Ainda há pouco tempo revi o Pulp Fiction. E lembrei-me quando o fui ver ao cinema quando ele estreou. Decorria o ano de 1995, 12º ano escolar, em que estávamos todos excitados pois dentro de uns meses estaríamos na Universidade, em Lisboa, algo que eu desejava desde os meus 13 anos! :P 
Decidiu-se que toda a turma ia ao cinema, testemunhar o rumor que circundava a estreia do Pulp Fiction. Estava todo o mundo aos pés do Tarandino, aclamando este filme como a melhor coisa a seguir a pão fatiado! 
Lá fomos, quase 2 filas de adolescentes imberbes, chatos, histéricos, excitados, ao cinema do Centro Comercial Parque, no Montijo, daqueles cinemas que tinha intervalo e lugares marcados!
Começou o filme. Silêncio. Com o avanço da narrativa, uns começam a soprar, outros conversavam, outros queixavam-se "não percebo nada disto"... enquanto eu (e outro colega que não é para aqui chamado) encontrava-me em êxtase! Fucking awesome! Até fiquei com a cabeça a andar à roda! :D O Tarantino ganhou uma fã naquele dia.
Tirando o "Death Proof" (que não achei lá muita piada), adoro o piquinho demente, violento e rude, in your face, que ele deposita nos seus filminhos, tanto como realizador como produtor. É perfeitamente identificável! 
Obviamente que delirei com o Kill Bill. Obviamente que também queria ficar bem num fato de treino amarelo canário, obviamente que queria saber brincar com facas grandes. Obviamente que era para limpar o cú pois a velha não sabe ler :P

Mas fiquei muito contente com um presente que recebi, para pôr as chaves do carrinho novo (nas minhas mãos, claro) que vou buscar para a próxima semana. Thanks, babe!!


Olhem lá o estilo!! Não é para todas! :P 

No comments: