Monday, January 3, 2011

Martha Stewart é que não sou!

Além de pagar os meus impostos todos e de ser orientada com os dinheiros das minhas acções, cozinha não é bem a minha cena! 
Quando descobri que o meu curso de química tinha muitas parecenças com um livro de culinária, fiquei com um pó ainda maior à cozinha.
Atenção: eu sei fazer tudo, sei todos os básicos, sei temperar bem as coisinhas e tal... Apenas não gosto! Aborrece-me ter de cozinhar só porque sim, ter ficar bonito... Não tenho paciência!

No entanto, o meu sentimento de culpa por não ter conseguido encontrar nenhum presente português para a pessoa que mais me ajudou nestes últimos tempos fez-me decidir que lhe ia oferecer um bolo, feito com as minhas mãos e o meu suor, pois sei que ela gosta muito de bolinhos e coisas doces!
Com a maior das boas vontades fiz um bolo de amêndoa... Tinha os ingredientes todos e até fiz doce de ovos e tudo! Acontece que tenho um daqueles fornos-micro-ondas que são uma bosta! Resultado: pus o bolo no forno à 1:30 a.m. e eram 4 da manhã quando o apaguei. E ainda estava cru no meio. Quando o desenformei no outro dia para pôr o recheio (pensando eu, ingenuamente, que com o doce de ovos a coisa ainda podia ficar mais ou menos...), notei na parte estaladiça e carbonizada por fora e na parte aborrachada e mole no meio...

não vou dar isto a ninguém!
Mãos à obra, bolo #2. Olhando de relance para o material que tinha em casa... sai um bolo de limão. Não tinha fermento mas a farinha dizia que já tinha... Olha, tentei. Resultado: o bolo não cresceu. Ficou panqueca.

o meu dedo é para dar a noção de escala
 Olha, moça, lamento, mas não deu! Isto sem material não há condições!! Fiquei frustrada e irritada comigo mesmo. Sou filha de uma mulher que adora a cozinha, que tudo em que toca transforma em manjar dos deuses... O que é isto?? Que aconteceu?? Eu, que tenho a mania de dizer que tudo o que se fizer, desde que seja com amor, sai bem... 
Espero puder redimir-me noutra ocasião. Até lá, barrei a panqueca com o doce de ovos e comi! :P

tá muito bom!

No comments: