Thursday, November 25, 2010

peek-a-Poo

Ora aqui vai mais uma pérola sobre a Holanda e os seus costumes.
Hoje o tema é: casas-de-banho, mais precisamente, sanitas. 
Passeando por Amsterdão (em Roterdão não tanto) é impossível não reparar na quantidade de urinóis espalhados pela cidade. Uns mais modernos, de plástico, outros mais "rocócó", mas ambos a deixarem emanar um belo cheiro a urina, que penetra pelas narinas a dentro, sem pedir licença e faz doer num local recôndido do cérebro.


Para as senhoras, geralmente temos de pagar 50 cêntimos para irmos verter águas... Mas não estou a ver uns urinóis femininos, no meio da rua, a fazer sucesso entre as utilizadoras... É preferível assim...

Chegando a casa, a coisa muda de figura. Para além de eles gostarem de ter a sanita e o chuveiro/banheira em divisões separadas (a isso já me habituei e até não acho mau de todo), a própria sanita, em si, é diferente da do resto do mundo. Nunca tinha reparado nisso porque na minha outra casa tinha uma sanita "universal". Daquelas que faz "FLOP" ou temos de encher de papel previamente. Tipo isto:


Aqui a malta é gente engenhosa e não estão para aturar estas merdas (ahahahah). 
Sairam-se então com a "Dutch toilet", que não tem o buraco do esgoto na direcção perpendicular do utilizador, mas sim uma prateleira! O utilizador está sentado, jogando a sua Nintendo DS, faz o que tem a fazer e depois é presenteado com o seu próprio "presente" que pode analisar profundamente, tanto quanto à textura, coloração e processo digestivo, uma vez que ele ali está, em display, na prateleira, aguardando o autoclismo... 


Estão a conseguir visualizar a coisa? Pretty crappy, hein? :P

Este povo é ou não é "especial"? ADORO-OS! :D

No comments: