Thursday, November 25, 2010

peek-a-Poo

Ora aqui vai mais uma pérola sobre a Holanda e os seus costumes.
Hoje o tema é: casas-de-banho, mais precisamente, sanitas. 
Passeando por Amsterdão (em Roterdão não tanto) é impossível não reparar na quantidade de urinóis espalhados pela cidade. Uns mais modernos, de plástico, outros mais "rocócó", mas ambos a deixarem emanar um belo cheiro a urina, que penetra pelas narinas a dentro, sem pedir licença e faz doer num local recôndido do cérebro.


Para as senhoras, geralmente temos de pagar 50 cêntimos para irmos verter águas... Mas não estou a ver uns urinóis femininos, no meio da rua, a fazer sucesso entre as utilizadoras... É preferível assim...

Chegando a casa, a coisa muda de figura. Para além de eles gostarem de ter a sanita e o chuveiro/banheira em divisões separadas (a isso já me habituei e até não acho mau de todo), a própria sanita, em si, é diferente da do resto do mundo. Nunca tinha reparado nisso porque na minha outra casa tinha uma sanita "universal". Daquelas que faz "FLOP" ou temos de encher de papel previamente. Tipo isto:


Aqui a malta é gente engenhosa e não estão para aturar estas merdas (ahahahah). 
Sairam-se então com a "Dutch toilet", que não tem o buraco do esgoto na direcção perpendicular do utilizador, mas sim uma prateleira! O utilizador está sentado, jogando a sua Nintendo DS, faz o que tem a fazer e depois é presenteado com o seu próprio "presente" que pode analisar profundamente, tanto quanto à textura, coloração e processo digestivo, uma vez que ele ali está, em display, na prateleira, aguardando o autoclismo... 


Estão a conseguir visualizar a coisa? Pretty crappy, hein? :P

Este povo é ou não é "especial"? ADORO-OS! :D

Saturday, November 20, 2010

batatas fritas

Eu já sabia que esta gente gosta muito de coisas fritas, batatas, peixe, crepes, queijo, croquetes, "oliebollen" (entalado entre a fartura e o sonho)... e sei lá mais o quê... 
Fui à zona comercial da minha nova terra, num sábado de manhã, com mercado, a chegada do Sinterklaas às crianças da zona, sol radiante e temperatura amena-ish. Muita gente na rua, a criançada vestida de Zwarte Piet, o parque de estacionamento da bicicletas a abarrotar! :D
É hora de almoço. Famílias inteiras na rua. Qual o petisco de eleição? BATATAS FRITAS! Amontoados de gente reunem-se junto à barraca das batatas, alimentando as suas crianças ainda nos carrinhos com as ditas, as crianças maiorzinhas com o seu próprio pacote alambuzando-se nos molhos castanhos, vermelhos, brancos... Que impressão!!! 
Era só para partilhar que acho esta cultura dos fritos ainda um bocado estranha... andam sempre a mastigar estas coisas, por todo o lado, a toda a hora... é perturbante! 

Thursday, November 18, 2010

Tindersticks

O concert foi bom mas fez doer as pernas
Texto de Tânia Feliciano, enviada especial do taniaderoterdao.blogsopt.com


Após um percurso de 40 minutos de comboio e de uns quantos de autocarro, chegámos ao Tivoli, no coração de Utrech. Uma sala de espectáculos que passa despercebida, numa rua calma, sem carros, em frente a um canal ladeado de árvores (que é o cenário normal das ruas desta terra).
Estão a ver o Santiago Alquimista? Agora dupliquem o tamanho, coloquem um palco como deve de ser e eis o Tivoli de Utrech. Ficámos "confortavelmente" instalados no varandim do 1º piso, com perfeita visibilidade. Para aquecer o público, foram desenterrar em Austin, Texas, USA, os Balmorhea (nome muito infeliz, muito próximo de maravilhosas palavras como gonorrea ou diarreia). Um sonzinho agradável, um grande esforço musical, talvez um bocado demais para as suas próprias limitações. 
Passados uns 15 minutos, lá apareceram os senhores que fomos ver! Tocaram muito bem, como é seu apanágio e o Stuart estava no seu melhor, vibrando, emocionando, encantando! Kudos to you, Stuart darling! 

Fiquei 3 horas de pé e não cantaram o "she's gone" nem a "tiny tears" que são as minhas favoritas... :s Não se pode ter tudo... 
Para a próxima levo uma cadeira.

Thooooorrrr

Uma amiga vai fazer 33 anos também. E tal como os desejos de feliz aniversário que recebi no dia 1 de Setembro (mensagem subliminar, para se lembrarem para ano eheheh), também eu tive uma tendência natural para fazer o paralelismo entre este número e a idade do jesus quando foi crucificado... É "natural" porque nos fizeram grandes lavagens cerebrais enquanto crianças e tivémos que levar com estes mitos ano após ano, por todo o lado (família, escola, tv)- não havia escapatória. 
E como não me agradou nada este sentimento, lembrei-me que tenho para aqui uma imagem guardada há algum tempo, esperando a melhor altura para ser exposta. E eis que chegámos ao momento:


Hurra para os deuses nórdicos!!!

Sunday, November 14, 2010

a minha menina tem um programa de TV!

Estou tão orgulhosa dela!! Eu sempre disse que ela tinha potencial para ter um reality show só dela!! E aconteceu!!! A Sarah Palin tem um programa de TV, Sarah Palin's Alaska. Estreia hoje!

A sinopse promete: 
Sarah Palin's Alaska is a new documentary series that takes viewers into the country's 'final frontier' through the eyes of one of its most famous citizens - Sarah Palin.

Estou tão excitada!!! Só pode ser bom!!! :D

vou abanar o capacete!

Hoje, daqui a bocado, vou a Utrech, ao Tivoli, ver um concerto dos Tindersticks! Vi-os, na Aula Magna, em Fevereiro de 2009. Parece que foi ontem. Foi um concerto que guardo no coração, emocionante, memorável!


Apelo: Stuart, se me estás a ouvir, faz outra igual!!! :D 

Deixo aqui, para quem não conhece... passem a conhecer! 

Já tresanda a Natal!

Bem, o espírito natalício já invadiu tudo em todo o lado, como usual. Mas aqui, a coisa toma uns contornos um pouco diferentes. Eles festejam o "Sinterklaas", um sósia do Pai Natal numa versão menos Disney, a 5 de Dezembro, numa festança que é dirigida apenas às crianças. 
Este "Santo Nicolau" é o santo padroeiro de Amsterdão, protector das crianças e dos marinheiros (porquê estes dois grupos juntos... não sei... nem quero saber... :P). Conta a "lêndia" que esta pessoa era um bispo que viveu entre 280-342, ali na zona da Turquia. A igreja criou um feriado neste dia e na época medieval tornou-se um costume, neste feriado, ajudar os pobres, pondo moedas nos seus sapatos rotos (daí os "presentes no sapatinho").
Já nos tempos modernos (séc. XIX), um tipo qualquer decidiu ilustrar esta história e "embelezá-la" um pouco com a sua própria criatividade. Criou um Sinterklaas a distribuir presentes pelas chaminés, a cavalgar um cavalo cinzento e a chegar à costa holandesa de barco a vapor, vindo de Espanha!!! Como era muito difícil andar a carregar prendas para esta criançada toda, o Sinterklaas precisava de ajuda. E quem mais lógico que uma personagem de cor de chocolate, chamado "preto Piet", apelando à experiência colonizadora holandesa? Isso de anõezinhos ou duendes ou lá o que é isso, é para meninos!!! É um escravo mesmo! Chocados?? Paciência! 
Eis que chegámos aos dias de hoje! O Sinterklaas, acompanhado pelo seu fiel companheiro, chega à Holanda por esta altura, atraca o seu barco e parte em tour pelas escolas e cidades, deixando-se fotografar com todas as crianças, também tendo a clarividência de saber quem é que se portou bem ou mal. Entre a sua chegada e o dia 5 de Dezembro, as crianças deixam o seu sapatinho ao pé do aquecimento central para serem cheios com docinhos e presentes, acompanhado de uma tigela de água e feno para o cavalo (tão simpáticos!). O santo e a sua entourage vai então distribuindo os presentes pelas chaminés. O preto tem a mania de ir atirando doces ou bolachas por onde passa... por isso, as crianças, de manhã, quando vão buscar os presentes, têm bocados de bolachas no chão, porque ele esteve lá... e comem... do chão! :P (estes holandeses são loucos!)

"Sinterklaas" e dois "Zwarte Piet"
Gostaram? Querem mais? Para o ano!

Wednesday, November 10, 2010

é só love

O sô papa lá anda pelo mundo gastando recursos e agastando pessoas. A sua grand tour passou agora por Espanha para levantar a moral e "benzer" a catedral do Senhor Gaudí. Mas pelo caminho, teve de gramar com os protestos da comunidade LGBT, que até se lixou. 


"A chegada do Papa foi ainda marcada por uma manifestação homossexual. Perto de 200 homens e mulheres beijaram-se à passagem do papamóvel." (Público)

E será que o papa foi acenando de olhos fechados? Vomitou perante tal visão de horror e nojo? Hope so! Porque o papamóvel nem sequer tem janelas!! eheheh E quando ele se peida, também tem que aguentar com o smell! MUAHAHA Dói, não dói?

(peço desculpa pela piada boçal... mas foi associação de ideias)

Sunday, November 7, 2010

esta vida de holandesa está a dar cabo de mim...rápará pará pará pará parári

Depois de andar a carregar tralha a braços (porque houve muita cabeça no ar no planeamento desta mudança), a transição está oficialmente terminada. Já se compraram os essenciais, já nos apercebemos e sabemos lidar com as "imperfeições" existentes, já foram feitas reparações e já se deu a voltinha experimental. This is now, home.

Acontece, que esta nova casa já não está no centro de uma grande cidade, com tudo ali à mão de semear. Embora não muito longe, ainda causa mossa andar a carregar sacos do super a pé até a casa... Daí que, a bicicleta seja, nestes casos, um óptimo meio de transporte! E tendo eu um cestinho e uns alforges muito bonitos na bicla, até quase que dá gozo fazer a minha vida ao selim de uma bicicleta. Vou para o metro, venho do metro, do trabalho para casa e vice-versa... faço tudo de bicicleta. O meu novo apêndice. 


Acontece que aqui a je está completamente out of shape e estes esforços físicos todos estão a fazer dói-dói!!! Ando toda rota!!! Isto de ser holandesa não é pêra doce!! eheheh (lazy bastard! Andava habituada a andar de cuzinho tremido para todo o lado, agora toma!)