Tuesday, August 31, 2010

não sou egoísta

Gostava de ter à vontade e a certeza que não iria ser nenhum transtorno :P Mas adorava partilhar a minha música com os restantes passageiros da carruagem onde viajo. No meu percurso de 20 minutos de metro (que passa quase por comboio, pois cerca de 80% da viagem é à superfície) vou a ouvir o meu mp3 com a selecção musical mais eclética que há! E apetece-me taaaaaanto cantar!! Canto para dentro, claro... mas o que queria era mesmo gritar sonoramente umas áreas da Carmen, do Rigolleto, baixar de tom para uma Nina Simone, Nick Cave, passando por uns divertidos Wham e Mamomas Assassinas e, se ainda houvesse tempo, cantar um faduncho cá da alma. 
Aposto que todos iam trabalhar com um sorriso nos lábios! Eu sei que eu ia! :)


(post dedicado à Sara, que não compreende... :P)


Ps. Pensavam que ia escrever alguma coisa sobre o meu aniversário?? Enganaram-se! :P 

5 comments:

Sara said...

Deixa-me começar por agradecer a dedicatória. :) OBRIGADA!

"E apetece-me taaaaaanto cantar!! Canto para dentro, claro..." Ora cá está... Cantas para dentro! Dá para passar essa mensagem para o resto do universo? É uma atitude tão simpática.
E agora diz-me uma coisa... Tu tanto cantas uma Calas como uns Mamonas Assassinas? Mas assim bem cantado, dentro do tom e tudo? De forma a fazer as pessoas ir trabalhar de sorriso no rosto? Humm... Só vendo, melhor, só ouvindo! Tenho de ouvir a linda voz do Rouxinol da Ribeira, é o que é!
"Don't get me wrong", eu compreendo que às vezes dê assim umas vontades (estranhas eheh)ao pessoal de cantar, mas façam-no qd estão sozinhos ou qd os outros quiserem ouvir (não desfazendo nos teus dotes vocais). Porque o mundo é de todos!!! E os ouvidos tb! E tem de se respeitar qd os outros querem ouvir uma música com atenção, cantada pelo próprio cantor OK? Continua a cantar para dentro nos transportes. És um exemplo para a sociedade!

PS: Qd é que fazes anos, mesmo? eheh

Sara said...

Deixa-me começar por agradecer a dedicatória. :) OBRIGADA!

"E apetece-me taaaaaanto cantar!! Canto para dentro, claro..." Ora cá está... Cantas para dentro! Dá para passar essa mensagem para o resto do universo? É uma atitude tão simpática.
E agora diz-me uma coisa... Tu tanto cantas uma Calas como uns Mamonas Assassinas? Mas assim bem cantado, dentro do tom e tudo? De forma a fazer as pessoas ir trabalhar de sorriso no rosto? Humm... Só vendo, melhor, só ouvindo! Tenho de ouvir a linda voz do Rouxinol da Ribeira, é o que é!
"Don't get me wrong", eu compreendo que às vezes dê assim umas vontades (estranhas eheh)ao pessoal de cantar, mas façam-no qd estão sozinhos ou qd os outros quiserem ouvir (não desfazendo nos teus dotes vocais). Porque o mundo é de todos!!! E os ouvidos tb! E tem de se respeitar qd os outros querem ouvir uma música com atenção, cantada pelo próprio cantor OK? Continua a cantar para dentro nos transportes. És um exemplo para a sociedade!

PS: Qd é que fazes anos, mesmo? eheh

tsf said...

Só canto para dentro porque sou muito tímida e tenho vergonha :(
Caso contrário, cantava para fora! :P

E quanto ao mundo é de todos... também é meu, ora essa! E seu quiser cantar, canto! Os outros que querem ouvir música com atenção, ouçam em casa!

(and so on...)

Sara said...

Mas tu estarás a invadir o meu espaço e eu não estou a invadir o teu. É como aqueles que ouvem música no telm sem ser com auscultadores, obrigando todos os outros à volta a ouvir a música deles. Temos de respeitar o espaço alheio, mesmo que seja em forma de silêncio.

Se o mundo tb é teu faz bom uso dele eheh... Não cantes!

tsf said...

tocaste numa ferida...
ok, dou o braço a torcer, não se deve cantar nos transportes públicos.

Agora, se estamos ao pé de gente amiga... Ah pois canto!!!! E os amigos são para isso mesmo! Para ATURAR os amigos chatos! eheheh
"Cantarei até que a voz me doa"