Monday, July 26, 2010

breast ironing

É isso mesmo, leram correctamente: passar a ferro o peito. A mutilação genital feminina já é um assunto atroz sobejamente conhecido. Mas esta "tradição" de aquecer pedras e pressioná-las sobre os peitos nus, em desenvolvimento, de crianças, não se fica nada atrás. Os pais, para não terem de lidar com SIDA, a gravidez indesejada, sexo em geral, das suas filhas (possivelmente voluptuosas), acham mais fácil sujeitá-las a pedras quentes no corpo, que as magoa e cicatriza física e psicologicamente, do que informarem-se sobre o assunto. 
Juntando a fome e a vontade de comer, o facto de a igreja católica não permitir os contraceptivos, não está a ajudar em nada a terminar com tais "tradições". Afinal, cerca de 25% da população dos Camarões é católica... 
Mas não quero fazer da igreja o bode "respiratório" nesta questão... acredito que hajam mais responsáveis pela origem desta prática, principalmente a ignorância e o pouco valor que é dado às mulheres nestes países. 
Testemunhem... e revoltem-se.

1 comment:

Sara said...

Não fazia ideia que havia uma tradição destas... Vão buscar cada coisa!