Wednesday, March 3, 2010

agradecimentos


*****continuação do post anterior******


Contrariamente ao rapaz do filme, não tive na família nada nem ninguém de quem herdasse esses "genes musicais". Eu fui aprender piano aos 6 anos, mal sabia escrever, porque o meu rico paizinho tinha um bigger plan para mim... (para além de ele conhecer os pais da minha professora, que ainda estava a estudar e de certeza que até foram os pais da moça que disseram: olha, não queres pôr a tua filha a aprender piano que a minha quer ganhar uns trocos?? E ele disse que sim)
O meu rico paizinho, que não era um senhor nada pobre em ideias, ah pois não, começou logo a magicar maneiras de rever o seu investimento (ele era muito profit-oriented)... O que ele queria mesmo era que eu fosse aprender a tocar orgão... e que mudasse o nome para Sónia Vánessa... e fosse cabeça de cartaz do entretenimento de casamentos, baptizados e funerais... e ele fosse o manager! Coisa má' linda, não é?! 

Acontece que lhe cagou o cão no caminho, pois aqui a je não lhe saiu tão dada ao estrelato como ele desejava. Temos pena. 

Assim começou a minha aventura musical! Não foi muito glamourosa, pois não?! No entanto, tenho que dar a mão à palmatória e aproveitar para agradecer aos meus pais por me terem dado a oportunidade de aprender música, pois até houve uma altura em que gostei muito, e também pelo facto de me ter permitido desenvolver o meu pensamento abstracto, o que me fez a grande fã da matemática e da ciência que sou hoje! 
Obrigado. 


PS1. Eu só soube deste bigger plan já depois de crescida... nunca tiveram a audácia de me pressionar enquanto criança! Vá lá!
PS2. Um agradecimento muito especial, à minha mãe, que de certeza foi um elemento muito relevante na minha não incursão pelo mundo da rádio, tv disco e da cassete pirata.
PS3. a frase "rico paizinho" é para ser lida com ironia. 

No comments: