Wednesday, March 31, 2010

é giro ou assustador?


Preservativos? Yes, please!! 

send in the clowns

Não é o facto de esta senhora ser actriz, relativamente conhecida, principalmente nos anos 80-90, com a sua vozinha infatilóide, estar a chamar comunista ao Obama, que decidi pôr este video aqui... É porque ela diz coisas como: O Glenn Beck ensinou-me bem! e A Sarah Palin é a minha heroína! 
Duas frases monstruosas que nunca na vida deveriam existir em qualquer discurso de qualquer mentecapto com tempo de antena na Fox News... O que raio é que estou a dizer?!!! :P

christianity anyone?

(não é o papa actual, mas a ideia é a mesma :P)
Andei muito caladinha referente às noticias que vão brotando, como cogumelos venenosos, dos vários casos de abusos sexuais na igreja assim como à missiva do Papa. A minha opinião vai de encontro à de toda a gente que não tem o cérebro distorcido: é tudo um nojo!!
É quase impossível hoje em dia não se ser preconceituoso perante a igreja: fala-se em padres e as palavras que nos saltam logo à mente são: gente doente, predadores de crianças, abutres da humanidade. Pelo menos a mim, é logo o que penso, quase que são sinónimos. 
O cristianismo, tal como o comunismo, está assente em belas pedras basilares. São teorias cheias de boas intenções, bons princípios e que dum modo geral estabelecem uma óptima base para uma vivência condigna da humanidade. O elemento destabilizador desta história aqui, é mesmo o homem. Corrupto, ambicioso, desumano. E estando a igreja cheia de homenzinhos frustrados, sexualmente reprimidos e infectados com o poder que esta instituição infelizmente teve (tem) durante um bom bocado da nossa história, é perfeitamente normal que se tornasse num meio ideal onde se cometessem todos os crimes possíveis e imaginários, tudo em nome de deus, da moral e dos bons costumes.
Mas lá por ser esperado, não é menos desculpável, claro que não! Como qualquer indivíduo na nossa sociedade que comete um crime e é julgado, o mesmo devia acontecer com os padres. Não faço ideia que raio de histórias é que eles contam às crianças que abusam... Deus gosta muito de ti e eu estou aqui para demonstrar... anda cá... e se contas a alguém vais para o inferno... :S Ou toma lá uns trocos e vai comer um gelado para tirares esse sabor da boca e se contas a alguém vais para o inferno... :S Desculpem, é nojento... eu sei... mas não consigo sequer imaginar como é que o conseguem fazer... Ainda por cima estes cabrões estão à frente de orfanatos, instituições que recolhem crianças que ninguém quer, que ninguém se preocupa, são uns desgraçados... e vão tirar proveito disso!!! Isso revolta-me tanto o estômago... 
E há gente que sabe disto tudo e consegue dormir! E acordar e ir dar uma missa onde instiga o amor ao próximo e aquelas coisas todas bonitas que vêm nos livros e que eles são os primeiros a não praticar! E o papa.... é mais um. Sabia de tudo, esteve-se completamente a cagar para as vítimas, vamos mas é abafar isto para ninguém saber, dá-lhe aí um anelinho dos meus para eles se calarem e bola para a frente que isto faz parte dos ossos do ofício. O presente papa, em 1962, que na altura era um padreco com 35 anosescreveu uma carta a defender o secretismojá sabia que estavam a ser cometidos crimes hediondos e não fez nada, nem quando foi chefe da igreja na Alemanha, utilizando toda a sua influência para abafar mais casos de predação sexual por parte da sua gente (inclusivé do seu irmãozinho). Estavamos agora à espera de quê? Lá por ser papa não quer dizer que seja uma pessoa melhor! Esta carta do senhor papa é para limpar o cu! Vítimas, desculpem lá qualquer coisinha??? Desculpas não se pedem, evitam-se! Culpa?! A igreja? Nãããão! Fazer alguma coisa para mudar? Também não! Que trabalheira!! Diz que espera que os acusados sejam julgados num tribunal estatal. Estou para ver. Caso acontecesse, ia tudo preso, acabava-se a igreja! E que tristeza isso seria... bu-hu. 


As pessoas cujas vidas foram destruídas por estes pederastas devem continuar a lutar! Não desistam! Não se deixem calar! Só em Portugal, entre 2003 e 2007, 10 padres foram indiciados por casos relacionados com pedófilia e foram investigados 5128 casos de denúncias respeitante a padres. Faltam os números das vozes silenciadas... e agora multipliquem isto pelos países onde esta corja actua! A quantidade de pessoas que esta gente destruiu... já nem falo no resto... mas aqui o senhor Pat Condell vai fazer um refresh! 


A igreja é um ninho de ratos, está tudo podre, infecto, corroído. Isto tem de lavar uma volta!! Já não há espaço na nossa sociedade para este clube! Eles não são mais que as restantes pessoas que trabalham, pagam impostos e que são julgadas pelas suas infracções das regras da sociedade SECULAR em que estão inseridas! Gente do Governo, ganhem um grande par de "cojones" e retirem-lhes o poder e as regalias. Não se deixem ser "bullyied" por esta canalha de doentes, frustrados e egocêntricos! 

Ainda bem que não estou em Portugal quando o papão for lá! Ainda estou para ver como se vai desenrolar a história do pagamento da visita... Fala-se em 200 mil euros que vão ser gastos na missa que ele vai dar na Praça do Comércio... mas ainda não fui bem esclarecida sobre quem paga... a igreja? o estado? De qualquer forma, não deixa de ser uma estupidez de dinheiro, nesta altura de crise mundial, por parte de uma instituição que anda sempre a dizer que se preocupa com a pobreza e a desigualdade. Diz-se por aí que a missa em Fátima vai ser em latim!! :P Que é para ninguém perceber o que ele está para ali a dizer! Sim, porque os seus súbditos é tudo gente do mais culto que pode haver, gente letrada e com conhecimentos profundos nessa língua morta que é o latim...  

Tuesday, March 30, 2010

OMG!

As notícias do LHC ainda permanecem boas... nada fora do normal aconteceu. Os dois feixes de 3,5 TeV cada um foram gerados e colidiram! Foi a primeira vez que conseguiram trabalhar com estas quantidades de energias e que vai permitir executar experiências e recolher dados que permitirão consolidar ou descartar algumas das teorias da físicas agora em vigor.
Nunca fui muito fã de Física, compreendo, faz tudo muito sentido quando estudo, mas ao aplicá-la, falhava sempre qualquer coisa. No entanto, não deixei de admirar toda esta imensidão de gente envolvida neste trabalho hercúleo, gente brilhante, inteligente, que nos vai permitir compreender muitos dos fenómenos existentes no nosso universo e dar resposta a muitas questões que ainda não foram respondidas. Há já um século que não havia um passo desta magnitude na física! É de louvar !! Continuação de óptimo trabalho e vão dando notícias! Se tiverem curiosidade de ver o que aconteceu hoje, podem ver esta página com uns videozinhos todos catitas sobre as experiências aqui.

Mas não foi por isso que estou a fazer este post: O Ricky Martin é gay! OOOOOOOOMMMMMMMMMGGGGGG!!!!! Não estão chocados?? Eu estou!! Quase que eclipsou o LHC!!!

we are still alive!!

Neste momento, as we speak, o LHC está a trabalhar!!! E não, ainda não foi gerado nenhum buraco negro que sugasse a terra, não apareceu ninguém do futuro, nada explodiu... Podemos respirar de alívio!! 
Está a dar em directo no site do CERN, onde mostram imagens em tempo real do que está a acontecer e o que eles estão a ver é mesmo o que estava previsto! Vamos aguardar pelas conclusões dos cientistas, quando eles tiverem interpretado os dados recolhidos hoje. Podem ir acompanhando que é giro! 
Não se preocupem, que só em 2012 é que vamos morrer!! 

Saturday, March 27, 2010

comfort food

Eu gosto muito de sushi! 
Podia acabar o post aqui, porque acho que está tudo dito... mas não, vão ter de levar comigo mais um bocadinho e até vou por umas fotos! :P 
Hoje, para festejar o big fucking event, fui comer o que há tanto tempo me andava a apetecer e o que aqui há porta sim, porta não. Para quem não sabe, na costa da caparica, há um restaurante de sushi e teppan yaki (comida feita na chapa), o Fuji, all you can eat, com uma variedade estonteante de niggiris, makis e invertidos, mais as tempuras, pato, clepe chinês e onde se escolhe a carne, peixe, camarões, lulas e legumes que se quer saltear na chapa, com umas molhangas muita boas! Ao almoço é mais barato que ao jantar e recomendo muito vivamente que não tomem o pequeno almoço e comam até não ser possível entrar mais nada! Eu tinha mesmo muita pena do estúpido do meu estômago ser finito e não me deixar comer mais... porque me sabia tãããããããããããõ bem... cerca de 1 vez por mês ia lá satisfazer o corpo e alma! :D Para além de ser bom e bonito, também era cómico! :P

o bom e o bonito

o cómico

Desde que vim para aqui que não comia sushizada porque andava em contenção de despesas, não havia necessidade, blá blá blá...
Mas hoje fui! E foi ÓPTIMO! Melhor ainda porque não tive de me levantar para ir buscar a comida! Experimentei tudo e gostei da maioria! Não paguei muito mais e sem dúvida que me vão ver lá mais vezes! :D me so happy!!

PS. a localização do restaurante do mapa do link não está correcta. É aqui.

Friday, March 26, 2010

80's are the best!!!




Passei a minha infância nos anos 80, tive que gramar com roupinha muito fatela, os enchumaços nas camisas, os padrões psicadélicos, as cores, meu deus, as cores que nunca se deviam encontrar estavam presentes em belos e variados padrões de tudo e mais alguma coisa! Foi uma década artisticamente muito rica, em que se pôde ir até ao limite, testar, misturar e o público, muito receptivo a todas essas inovações, adorava ser cobaia. 
Nessa altura, só havia 2 canais de TV e um pai muito pouco dado a confraternizações e saídas familiares, pelo que a minha mãe e eu passámos algum tempo a absorver o que melhor se fazia no mundo através desse veículo de informação. Tínhamos um vídeo Beta e eu tinha umas quantas cassetes só para mim, em que podia gravar o que quisesse. Muitos desenhos animados (Plastic man, Muppet babies, bugs bunny entre outros) e muitos telediscos que gravava do Top+. Gravava e revia e revia e revia... 
Fez-se muito boa música, muitos one-hit-wonders, criaram-se muitos mitos nessa época. O facto de eu ser criança, tudo ser novidade e espectacular, de estar ávida por coisas novas e excitantes e de eu ter tantas boas memórias da minha infância, tornaram os anos 80's o melhor período da minha vida (até agora).
Fiquei contente de saber que cá também celebram este período (sim eu sei que em Lisboa também havia). Amanhã vai haver uma festa dos anos 80 numa disco daqui qualquer. Claro que não vou, não faz o meu género, mas é giro saber que há mais gente saudosista por aí! :)
Vou deixar um dos meus telediscos preferidos da altura: a música é catchy, tem bonecos dignos da guerra das estrelas, uns efeitos especiais mind-blowing com figuras geométricas e é uma história de amor (bem, mais ou menos...). Que mais uma criança pode querer?? :) 




E vou também deixar uma musiquinha do filme que mais vezes vi na minha vida, com muita agonia da minha mãe que tinha de gramar com ele. Cada vez que ela ia passar a ferro, eu ficava ali na sala ao pé dela e punha-me a ver o filme... Sem exagero, acho que o vi, há vontade, mais de 50 vezes. Sabia as falas e as músicas todas, mas no meu inglês macarrónico de criança de 6-7 anos de idade. Foi muito giro quando comecei a aprender inglês no ciclo e começar a  aperceber-me do que realmente eles estavam a dizer e o quanto enganada andei aqueles anos todos!! eheheh
Mãezinha!!! Peço desculpa!!! Esta música é para ti!!!! BEIJINHOS!


noticia atrasada


Quando aconteceu, não me apeteceu escrever. Mas como até gostei do que vi, queria mesmo escrever qualquer coisa, mesmo em diferido.
Todo o mundo já sabe que o Obama-boy conseguiu com que fosse passada a bill do health care lá da zona. Good for them! Mas como não podia deixar de ser, nem toda a malta concorda com este assunto e acha muito mal que exista igualdade no acesso a um serviço tão essencial como a saúde. Idependentemente de todos os países do primeiro mundo terem sistemas de saúde públicos financiados pelo estado, os Republicanos e seus fãs, saudáveis e com dinheiro, acham que não senhor, que é o fim do mundo, que vai levar o país à banca rota, e que o estado vai passar a pagar abortos, etc etc. Durante a votação, o mais divertido canal de tv do mundo apressou-se a anunciar o Armageddon! Já tinha demonstrado o quanto fã eu sou do canal que dá circo em directo, do seu porta-voz evangelizador Bill O'Reilly e a sua nova side-kick, a minha querida amada Sahrita. O tema era sumarento e lançaram-se de imediato no que melhor sabem fazer: dizer asneiras!
Gostei do tom de regozijo com que ele indica os números das sondagens (49% contra- 40% a favor) pensando ele que isso quer dizer alguma coisa, do tom paternal e cara de idiota que ele usa quando coloca as questões que realmente preocupam os americanos sobre esta lei: mais dívida, socialismo (uuuuuhhh, que medo....) e se há médicos suficientes para todos (para todos, ele quis dizer para ele e para os amigos dele). Balbuciou algumas coisas positivas que podiam vir desta lei, mas isso não interessa nada e passou logo para os problemas novamente. E de seguida, entrevistou a Sahrita, que como sempre, me divertiu à brava, quase que larguei umas pinguinhas! (min 1:59) Primeira pergunta: o que é que o pior de tudo e tudo desta lei? (nada tendencioso, hein?) E pronto, ela estendeu ali o lençol: o problema do dinheiro, que são obrigados a comprar algo que se calhar não querem ou não precisam (?), tira-lhes opções e põe o governo entre os médicos e os pacientes. E a cena de coitaditos dos tipos de direita que têm que levar pela garganta abaixo esta lei... podem engasgar-se... não tendo em conta a vontade do povo (amiga, o povo elegeu Obama)... e depois diz alguns disparates! aaaahhh, o meu coração está quentinho! Mas até o Bill concorda comigo, que foi o povo que escolheu o Obama, que a culpa não é da esquerda... é mesmo do povo americano! ehehe, priceless!! E no fim, ela não assume que haja alguma coisa boa a sair desta lei... (também achei piada o Bill ainda se dirigir à Sahrita como Governadora... é para ela se sentir bem? Amigo, não é preciso, porque ego, a ela, não lhe falta!)


Isto foi uma emissão de 1 hora, em directo, enquanto a lei estava a passar... claro que todos os outros "jornalistas" disseram alarvidades, mas como não passa do mesmo, nem sequer me vou chatear a ir buscar vídeos para vos mostrar... 
No fim, quando a lei passou (212/219 por pouco, mas passou), quando um senhor bate com o martelinho, o Bill e a Sahrita gritam em uníssono "FUCK!" e a notícia seguinte é: Défice! Que é para não se ficarem a rir muito tempo!

Como é que esta gente pode ser tão EGOÍSTA quanto a um assunto destes? Cerca de 15% dos americanos (cerca de 46 milhões de pessoas - é muita pessoa!!) não têm acesso a um seguro de saúde, ficam na bancarrota quando algum familiar está doente, aquela  maravilhosa cláusula das "condições pré-existentes" (se tens uma doença crónica e já diagnosticada, ninguém te segura, temos pena) e as seguradoras a encherem a peida! É francamente vergonhoso! E depois vêm mandar areia para os olhos das pessoas, com merdas como o aborto, o défice e particularidades da lei, sem olharem para a big picture, o factor humano e o benefício que poderá trazer a imensas pessoas com maiores dificuldades... O sonho americano já não é para todos! Wake up and smell reality! Selfish bastards! 



 e já cá faltava o deus... ele que te cure, minha amiga! Vaya con diós!

PRICKS!

Thursday, March 25, 2010

rotterdam

Ando sempre para aqui bitching, que o tempo é uma merda, que esta gente é doida, língua que não lembra ao diabo... Desenvolvi por esta cidade, que me acolheu de braços abertos, uma relação de amor-ódio. Gosto e não gosto. Tem coisas boas e coisas más. E se o meu avô não morresse ainda hoje era vivo. Não é tão bonita como Amsterdão, embora tenha zonas em que até disfarça muito bem, tem muitos arranha-céus, edifícios de arquitectura pior do que o que sai do cu do Tomás Taveira (no pun intended), muita gente feia, muitos grupos de rapazes com aquele andar gingão, bonés para o lado, a falarem alto, a galar as moças que passam, a cuspir para o chão, as miúdas também muito pindéricas, de calças de ganga justas e sapatos de salto alto de verniz, ou de sabrinas sem meias para se ver os tornozelos brancos como a cal, muito lixo na rua, muitas cuspidelas... é mau. Eu estou a morar no equivalente à Rua da Betesga em Lisboa, pelo que o down-town é ali ao virar da esquina, e é no down-town que toda a gente vem passear e às compras. Toma lá, aguenta. Por isso, também tenho a esperança que daqui, só pode vir a melhorar. 
E coisas boas? Não tem? Também tem. Uma das coisas que achei realmente magnífico e de bom tom, que descobri ontem quando me fui inscrever, são as aulas de holandês serem totalmente GRÁTIS para quem quer aprender. É necessário ter aproveitamento no fim, mas fogo, a viver aqui, rodeado de gente que fala a língua e a ter aulas, só quem tiver um só neurónio é que não consegue! Tinha na ideia que se teria de pagar algo, pouco, mas qualquer coisa, por isso ainda não me tinha "disponibilizado" a tal. Mas foi óptimo saber que um país que não me conhece de lado nenhum está disposto a investir numa emigra qualquer! Tiro-lhes o chapéu e nunca me vou esquecer disto! :)
Já dei voltinhas suficientes por aqui para me ir ajeitando com os percursos, já sei o que há para ver e fazer. Há alguma diversidade, respeitante a museus, galerias, cafés e espaços de lazer. Agora é mesmo começar a disfrutar... 
Há 2 fim-de-semanas atrás fui ver uma parvoíce que há cá, as casas cubo. É giro por fora, parece que estão a desafiar a gravidade, mas por dentro... meh. Um senhor decidiu fazer da sua casa uma atracção, ele mora lá e abre as portas ao público, para este ir gozar com a colecção de bonecos dos Senhor dos anéis que ele tem! :P eheheh

Não sei se dá para perceber os ângulos daquelas janelas...

O Frodo e o Sam. Mas estava a maralha toda neste gesso inexpressivo... NERD!

Este fim-de-semana fui fazer o tão famigerado passeio de Spido. 75 minutos dentro de um barco a percorrer o rio Maas pelo porto de Roterdão a dentro. Tivémos uma sorte dos diabos com o tempo e até se pode vir cá fora, a levar com o fresquinho e a ver a paisagem, sem apanhar uma gota de água! :P (click to zoom)






A zona do porto é de facto impressionante. Põe o de Lisboa num chinelo, de plástico, do chinês. Recomendo este passeio. 

Tenho de admitir que esta terra está a crescer dentro de mim. O feio que existe é o mesmo que existiria noutra cidade europeia. É o que também existe em Lisboa. Mas como gente da terra, apenas  vemos apenas o que queremos e gostamos. Aqui, como não se conhece nada, olha-se para tudo com o mesmo olhar crítico e claro, o pior é o que deixa maior impressão. Mas acho que há possibilidade de o meu ódio por Roterdão amainar :)

Estão a ver as casinhas do lado direito? Até são pitorescas, nesta zona do porto velho.

FAME!

I'm gonna live forever! I'm gonna learn how to fly HIGH!

Vim com esta música na cabeça porque estive num sítio muito semelhante ao que se via nessa série. Andei perdida pelos corredores de um instituto de arte, onde havia aulas de música, teatro e dança e sei lá mais o quê. Gente espalhada por todo o lado, sentados por todos os cantos, com as suas sapatilhas e sacos desportivos, salas de chão laminado e paredes em espelho, com um piano de cauda ali num cantinho, discreto (tanto quanto um piano de cauda pode ser) e meninos a rodopiarem e a fazerem do corpo o que queriam. :) Foi giro. Tornou o facto de não ter ido lá fazer nada menos infortunoso! :P

não há escala piloto para ninguém!

Como diz a minha mãezinha, a tempestade não dura sempre. As marés de azar acabam sempre por ter um fim e parece que esta já está pelas pontas. FINALMENTE! 
Aqui a je já tem um emprego e, tchã-tchã-tchã, na química!! Acabei o meu curso em 2002 e nunca tinha tido um emprego cujo título reflectisse algo daquilo que tinha passado uns mui intensos 6 anos (sim, chumbei 1 ano, tá bem?) a estudar. Agora vou ser "Chemical Analyst". Pimbas. 
É o mais reles de todos os trabalhos na química mas é um começo, é a minha plataforma para o estrelato (e até não pagam nada mal, para trabalho reles :P)! Depois destes 2 anos de mestrado em que voltei a pisar um laboratório, vou ser transportada para um big-fucking-huge-scaring laboratório! Vou directamente da escala laboratorial para a escala industrial sem passar pela casa da partida e receber a dobrar. Sim, estou assustadíssima! Quando lá estive na entrevista senti um misto de respeito, medo e de desafio. Independentemente de ter de trabalhar por turnos (não vai ser nada fácil para mim habituar-me a isso, mas também não vou morrer!), vou ter de espezinhar todos os meu receios, aplicar-me afincadamente, ter todos os sentidos bem despertos pois vou levar uma injecção cavalar de novas informações e quero absorver tudo o mais rápido possível. Espero ser capaz.

Agora vou começar a minha aventura! Enfretar o quotidiano neste país, lidar com os holandeses (que me consta que são uns tipos secalhões como o caraças!!) e com um trabalho que me vai por à prova! Também já vou ter dinheirinho para gastar nos passeios e aproveitar este país sem me sentir muito culpada :P Agora vem a Primavera e esta terra transforma-se em Tulip-land! Ontem tive um glimps do que isto pode ser: ontem esteve 17ºC!!!! Eu andei na rua de camisolinha de algodão sem casaco! EU!! Maria friorenta! As esplanadas estavam cheias de gente, tudo a apanhar solinho, calor, a sorrir, a conversarem, a beberem uma cervejinha com os seus amigos... espero daqui a uns tempos estar na mesma situação!

;) 

Wednesday, March 24, 2010

musica de gajas

Continuando no espírito feminista que me assolou durante a tarde para escrever o post anterior, vou partilhar com os meus estimados ouvintes umas quantas músicas de artistas, femininas, verdadeiramente talentosas, que compõem, escrevem ou tocam as suas próprias músicas. São exímias na expressão, conseguindo emocionar-nos sem sequer se esforçarem. Elas têm-me acompanhado nestes últimos tempos, mais melancólicos e introspectivos, têm sido as minha amigas do peito, que as minhas de verdade estão um bocado longe ;) Um beijinho para elas! Então aqui vão as piquenas, as suas bandas e as suas músicas. 

Joanna Newson: A menina toca harpa e piano, tem uma vozinha um bocado aguda, mas ajeita-se bem!


Florence and the machines: Mais a-rock-alhada mas cheia de pujança, que também faz falta. Parece que tiveram em Portugal há bem pouco tempo... Alguém foi? Foi giro? Pena ter sido na Aula Magna, que eu não gosto nada como sala de espectáculo, sem ser para ver o Coro da Universidade de Lisboa ou para ensaiar :D


Sia- Sia Furler, australiana. É considerada uma cantora pop, algumas músicas até podem ser, mas esta, é uma cover de uma dos The Kinks, que não são pop... 



Lhasa de Sela- Esta senhora faleceu no início deste ano e foi devido à divulgação da sua morte que a conheci... RIP. Ficou o seu legado...


Regina Spector- Anda de mãos dadas com a Fiona Apple. Têm ambas aquele je-ne-sais-quoi que mistura deprimente, fabuloso, brilhante e triste. Escolhi a Gininha porque gosto muito desta música, a cappella.


E para terminar com chave de ouro, uma veterana: Nina Simone. Ponto. 

ada lovelace day

(este post vai ser em ingalês)

Someday, someone was taking a dump, and had this epiphany: what about a day to make an homage to all the women in science and technology? Great idea! And thus, this day was born! Since last year, at 24th March, the internet bloggers around the world are participating, by posting in their blogs something about any women that excelled in the field of Science and Technology, and that they feel that are in need of a voice. I am not keen of this kind of things. The first time I read about it, I closed the window within 5 seconds... But then, it made me wonder... If I was going to write something like that, I had no idea who the hell I will be talking about... The only chick I can remember is Madame Curie and she's long gone... hmmmm... Than, I decided: I am going to talk about myself!! :P And I subscribed!  
And here I am, posting what I pledged I would. I will be posting this on Ada's website, where you can learn all about Ada Lovelace and this day and can also read what many people all around the world are posting about it.
I did want to write about myself because I, for a period of 2 years, felt like a scientist! :P But since my results weren't really that spectacular (and those are kindda mandatory to be a relevant scientist), I changed my mind, and decided to write about another great chick, but none the less, a Portuguese one!! And that was even harder to find... A great scientist portuguese woman... :S The only one I could find, in a very long list of other famous great Portuguese people, was Benedita Barata da Rocha. And for that, she had won first prize: I am talking about this lady!
She is still alive (born in 1949) and living in France. She is a medical doctor, with a PhD in Immunology. I am no expert in immunology and won't be able to explain in detail what was that she demonstrate but, in a nut-shell, she was the first one to demonstrate that naive T cells required only the right major histocompatibility complex (MHC) class I-restricting molecule to survive; to expand, they also needed antigen (Tanchot, C., Lemonnier, F.A., Perarnau, B., Freitas, A.A. & Rocha, B. Science 276 : 2057-2062, 1997). She is the Research Director of the Centre National de la Recherche Scientifique and runs an investigation unit in the Necker Institut, both in France. She won awards in Portugal and in France recognizing her achievements. Kudos!
It is a fact that Portugal is filled with great minds but unfortunately they are scattered all over the world. Someone who wants to be someone in the Science sphere, needs to get the hell out of Portugal. Unfortunately, with precarious work "contracts", the long and burocratic applications for the much needed fundings and the very low recognition that our scientific staff are doing amazing things, the Portuguese government is forcing great people to move away. They go for their PhD and don't come back. But who the hell am I to talk?? I also left the country for not providing the quality of life that I requested, demanded! Shame on you, Portugal!!
I guess I am drifting away from the point of this post... You, scientist women, shout out loud: We are here, and came to stay! Have a Happy Ada Lovelace Day!

Friday, March 19, 2010

feliz último dia de Inverno!

O tão famigerado tempo holandês parece que está a querer aparecer... Está escuro, a chover e embora as temperaturas já estejam na volta dos 10ºC, não melhora muito a coisa. E eu estou como o dia (embora a minha temperatura seja os mesmos 37ºC de sempre).
Para animar um bocado, no lado oposto do mundo, no Japão, para ser mais precisa, está a decorrer um festival anual, para comemorar a abertura das flores das cerejeiras (não são da mesma espécie que as nossas, pois estas não têm frutos). As flores de cerejeira são designadas de Sakura e a sua observação, que inspira poetas e traz bem estar ao coração, chama-se Hanami
Para os japoneses, a Sakura tem sido utilizado como metáfora sobre a mortalidade do homem devido à sua existência efémera. Tendo um período muito curto e muito intenso em que desabrocham (5-12 dias) originam um espectáculo da Natureza maravilhoso que os Japoneses desde o século VII (e agora também pelo mundo inteiro) tentam aproveitar ao máximo, celebrando e confraternizando em comunhão com esta explosão de cor. Por entre avenidas ladeadas destas árvores em flor, os visitantes dos festivais fazem barbacus,  piqueniques ou compram comida nas muitas barraquinhas, sendo a mais popular nestas festas de Hanami, o Kushi-dango (dumplings doces...hhmmmm...soa bem...)

É um Kushi-dango para a mesa do meio!

Se quiserem passar por lá, a época ainda vai a meio, ainda têm tempo! Ou pelo menos, fiquem com esta na cabeça e para o ano, já sabem! Quando eu morar na Oceania (ainda não decidi se na Austrália ou na Nova Zelândia) vou de certeza dar lá um pulinho! :) Ficam aqui umas quantas imagens destas coisas maravilhosas! 






Eu tenho uma foto ao pé de uma árvore destas, mas na Irlanda :P Acho eu que é! Não é? Se não é, disfarça muito bem!! 



Ainda está a chover mas depois de fazer este post com estas fotos, já me sinto melhor, menos mal, meh... 

A mãezinha vem visitar-me este fim-de-semana e espero que o tempo melhore para irmos dar uma voltinha de barco no rio ;). Seja bem vinda, Dona Primavera! 

Wednesday, March 17, 2010

é verde e tem cerveja!

Para quem não sabe, hoje é dia do santo padroeiro dos alcoólicos irlandeses, o São Patrício. Festeja-se hoje, a 17 de Março. Muitas ruas do mundo hoje vão vestir-se verdes, tanto devido aos trevos e duendes, mas também devido ao vómito :P Bless them! 

Já estive na Irlanda 3 vezes e  gostei delas todas. Dublin é muito catita, os irlandeses são uma simpatia, o country side é verde(!), os sítios históricos são mesmo sítios com história e a cultura celta, sempre presente, é maravilhosa, cheia de magia. Há quem aprecie a cerveja e o pub... not my cup of tea. Já estive quase quase para ir trabalhar para lá, a minha mãe esteve lá cerca de 5 anos, a minha prima tirou lá o curso dela, arranjou um namorado irlandês 5-estrelas! Hello Sean :D! A minha tia também por lá trabalhou e o meu tio esteve uma temporada por aquelas bandas. Não houve nada que não gostasse de lá (bem, tirando o tempo...que é MEDONHO!). Tenho muita pena que eles, assim como os portugueses, estejam à mercê da crise mundial e que não seja, neste momento, um bom destino para mim... como dizem os velhos do Restelo: tá mal em todo o lado! :P
Para animar as hostes, "roubei" este link à minha prima e aqui vai uma demonstração da musicalidade característica daquela ilha. É fiiiixe! Apetece pular, abanar com os pézinhos no ar enquanto o corpo fica rígido e os braços mortos ao longo do tronco... :) ENJOY!!

será março?

Será gente? Gente não é certamente que eu não conheço ninguém aqui! Fui ver... era engano.

Diz que daqui a uns dias é primavera (o equinócio é sábado, 20/03, às 18:32 aqui, 17:32 em PT). As flores, os passarinhos, as temperaturas amenas, os bichos, as feromonas, o polén, os dias maiores, mais gente na rua, o sol, maior disposição para viver a vida! O mês de Março sempre me trouxe mais energia! Era nesta altura que saía do cocoon que me tinha refugiado nos meses anteriores e que me apetecia sair e fazer coisas! Sempre foi neste mês que reiniciava a assiduidade a qualquer actividade física, neste mês até não me importava muito de andar às compras, acordar cedinho e tomar o pequeno almoço como manda o figurino e ir trabalhar com um sorriso nos lábios (que durava pouco).

pois...parece que mudanças de latitude e longitude implicam também mudanças de como se sente as estações. No calendário muda, mas eu, francamente, não sinto nada! Até não está nada mau tempo: sol, temperaturas por volta dos 10ºC, nem tem chovido muito. Não me posso mesmo queixar... mas não sei onde ele está, não o cheiro,   não o apalpo... pode ser devido ao meu estado de espírito... mas vou dar a desculpa da localização geográfica... Esperemos por Abril...

E por falar em estações, adoro a ode à Primavera do tio Tony  Vivaldi. Fui ouvi-la. aaaaaahhhh que bem que faz à alma!! Vou pôr o 3º andamento que é o que eu gosto mais :D



T+3

Pois aqui estamos nós (eu)... depois de T+2 temos o T+3. Faz hoje exactamente 3 meses que cá cheguei. E esta é a última vez que faço um post sobre este assunto. 
Como 3 é um número redondinho, achei que ainda deveria ser mencionado. Mas de facto, entre T+2 e T+3, não aconteceu nada de muito extraordinário... o que é muito triste.

Era um plano muito optimista, mas também, sem optimismo não se consegue fazer nada. Embora o pico da "crise" já tenha passado, ainda muitas empresas mantêm uma política de defesa e novas contratações não são a prioridade. Acrescentando o facto de aqui existir mesmo um bacharel em Química Analítica, de eu não saber holandês e de não ter experiência nenhuma de jeito, torna este job-hunt um pouco, digamos, vá, frustrante. Já estou a ficar cansada de levar negas, esperar por respostas que não vêm, de ver os mesmos sites todos os dias na esperança de encontrar alguma coisa... Já aumentei o raio de distância, já variei as minhas procuras, já nem peço na química... só queria mesmo ver uma luz ao fundo do túnel.

Este plano tem rede de segurança, é certo. Mas também não vou desistir ao primeiro obstáculo. Isso não sou eu. Mas há dias em que me questiono e em que perco as forças... há.

A minha paciência está a ser testada ao máximo, o meu optimismo encontra-se em batalha constante e o meu desespero deve ter ganho asas e anda sempre aqui a rondar, quase sem eu dar por nada, como um abutre.  


3 é um belo número. É o segundo número primo, é o que vem a seguir ao 2 e antes do 4, é ímpar, é utilizado na música para indicar tercinas, o compasso 3/4, um trio, vou fazer 33 anos, é também a idade com que morreu o jesus e 3 é a conta que deus fez.
Em consideração ao número, peço aos empregadores desta terra: Enough already! OK?! HIRE ME! 

Tuesday, March 16, 2010

não tenho sida nem nada!

Recebi os resultados dos meus exames médicos que fiz o mês passado:
B -La = 25 mm/h (viitearvo naiset: 6-15) (5.2.2010)
fS-Urea = 4.8 mmol/l (viitearvo 2.6-6.4) (5.2.2010)
S -Uraat = 274 umol/l (viitearvo 155-350) (5.2.2010)
S -Bil = 7.0 umol/l (viitearvo 5-25) (5.2.2010)
fS-TTH, Tehty.
S -ALAT = 20  U/l (10-45)
S -Gluk = 4.8  mmol/l (4.2-6)
S -GT = 17  U/l (10-45)
fS-Kol = 5.8* mmol/l (<5)
fS-Kol-HDL = 1.34  mmol/l (>1)
fS-Kol-LDL = 3.9* mmol/l (<3)
S -Krea = 68  umol/l (60-115)
fS-Trigly = 1.31  mmol/l (<2) (5.2.2010)
S -ASAT = 21 U/l (viitearvo 15-35) (5.2.2010)
S -Ca = 2.37 mmol/l (viitearvo 2.15-2.51) (5.2.2010)
S -HBV-T, Tehty.
S -HBcAb = NEGAT   ()
S -HBsAg = NEGAT   () (5.2.2010)
S -HAV-T/M, Tehty.
S -HAVAb = NEGAT   ()
S -HAVAbM = NEGAT   () (5.2.2010)
S -HCVAb, NEGAT. (5.2.2010)
S -TSH = 1.8 mU/l (viitearvo 0.3-4.5) (5.2.2010)
S -CRP, <10 mg/l (viitearvo Nainen: <10) (5.2.2010)
B -TVK, Tehty.
S -HIVTod, NEGAT. (Wooooooohhhooooooooooo) :P 

Isto apenas é uma fracção da enorme lista de aglomerado de letras/números que me enviaram. Já por si, a linguagem médica é pouco compreensível... adicionando finlandês à coisa, torna-se apenas estranha... 

Segundo a senhora enfermeira, não estou a morrer, o que dá jeito. :) Ainda vou estando cá para as curvas! 

Monday, March 15, 2010

ensaio sobre badalhoquice

Li num sítio qualquer, que pode muito bem ter sido o facto de o homem ser um grandessíssimo badalhoco e de não tratar convenientemente o seu pêlo, que se chegou até aqui!

Se ao menos tivéssemos uma língua destas... :P

Os ataques pelas lêndias e piolhos e outros bicharocos transportadores de doenças eram tantos ou tão poucos numa pelagem descuidada, que a mutação que introduziu uma diminuição da quantidade de pêlo trouxe a tão desejada vantagem selectiva (ainda hoje, as gajas preferem tipos que não pareçam o Tony Ramos). Mas pouco pêlo, implicava passar frio, que vai de encontro à descoberta do fogo, que permitiu também cozinhar os alimentos e degradar melhor as proteínas animais e vegetais (e o facto de não ter pêlo tornou o manuseamento do fogo bastante mas seguro para o indivíduo :P), conduziu à necessidade de arranjar outras peles que podiam ser trocadas ou lavadas caso fossem "contaminadas" e aumentou a necessidade de encontrar abrigo. Tudo isso tornou a interacção com o meio exterior muito mais flexível e catapultou os antepassados do Homo sapiens sapiens para o estrelato evolutivo.

Nos dias de hoje, esta questão da limpeza apresenta-se desmesuradamente distorcida! Perdemos uma quantidade industrial de horas na manutenção do nosso corpo, a lavar, a esfregar, a aromatizar, a cortar pelos, cabelos, unhas, a pôr creme para isto e para aquilo, a pintar, a escovar... assim como com a nossa roupa: horas às compras, a pensar o que se vai vestir, a coordenar, a lavar, a passar, a enxugar... ufa, que canseira... 

Estamos ou não a ser meros "puppets" das indústrias de detergentes/cosméticos/roupa etc? Somos os parvos que são bombardeados com campanhas de marketing enganadoras, exploradoras, publicidade a todo o segundo, sem conseguirmos fugir, consumindo alarvemente produtos que não nos fazem falta... 
  
Com um começo tão singelo, acabámos no outro lado do espectro... tornámo-nos demasiado "high maintenance"... Não estou com isto a dizer que gostava de voltar ao pântano mandongo, mas paremos para pensar:  Para quê isto tudo?? Há mesmo necessidade?? Não estaremos a exagerar? Preciso mesmo disto? Não se conseguirá sobreviver com menos psicose da limpeza?? Não há pachorra... nem tempo...

Devem estar a pensar: esta deu em badalhoca! Não, ainda não :P Mas  que ando a questionar muita coisa do dia-a-dia que nem nos apercebemos pois já está tão enraizado no centro nevrálgico, a  aperceber-me da quantidade massiva de anúncios a que somos expostos e as mensagens cada vez mais idiotas para idiotas, isso ando... e que me está a irritar... sim, está.





O que é que um animal tem de fazer para ser um cão? Ser cão. 
O que é que um animal tem de fazer para ser um urso? Ser urso.
O que é que um animal tem de fazer para ser um homem? Ser carpinteiro, canalizador, professor...
Logo tinha de nos calhar este papel de animal superior!
(Dou um rebuçado a quem souber de onde é isto!)


PS. FYI, não perdemos os pêlos nos sovacos e nas partes púbicas porque nessas regiões há muitas glândulas sudoríparas e isso é bom ingrediente para o cocktail de feromonas sexuais. Afinal, a nossa origem imunda ainda está presente, nem que seja apenas nos nossos receptores olfactivos. 

partido político pro-pedofilia....

SOA HORRÍVEL!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas parece que existiu um partido desses aqui. Chamava-se PVND e com apenas 570 assinaturas, foi o necessário para conseguirem aparecer nos boletins de voto das autárquicas daqui, que decorreram há umas semanas... As assinaturas foram recolhidas pois os apoiantes apenas tinham de dar as suas iniciais, o último nome e local de residência, pelo que não corriam o risco de serem identificados...

É tudo muito mau.... *arrepios*

A boa notícia é que já foi com os porcos! Desde hoje que já não existe! Mas fogo, se a moda pega???

Fez-me lembrar de um episódio de South Park, em que o Cartman junta-se à NAMBLA (North American Man/Boy Love Association), que EXISTE!

Para quem quiser rir um bocadinho (para descomprimir destas notícias nojentas): http://www.southpark.nl/guide/episodes/406/

Sunday, March 14, 2010

ladies and gentlemen: i present you...

Estela!! A minha gata! A critura do demo, a gordalhufa, a gata mais psicótica que eu conheço. Mas é a minha e eu tenho imensas saudades dela! 
Quando decidi partir (por essa estrada, onde um dia chegaste a sorrir) para a minha aventura no mundo, não a pude trazer e deixei-a com a minha avó. O plano inicial era ir buscá-la assim que arranjasse uma casa onde a pudesse ter. Mas acho que o plano vai mudar... porque a minha avó está cada vez a gostar mais de ter a gata lá em casa, sempre lhe faz alguma companhia, independentemente das psicoses de merda (literalmente) do bicho, a cumplicidade entre as duas tem vido a crescer. E verdade seja dita, mudanças destas magnitudes nunca são fáceis para os animais, especialmente para gatos, que são animais de hábitos e stressam e podem ficar traumatizados. Ela coitadinha já mudou 4 vezes de casa, já passou 2 períodos de férias no algarve, já teve em Beja e andava a passear todos os fins-de-semana Montijo-Lisboa... tadita... mas olha, antes isso que andar a passar fome pelo mundo. Embora o que eu lhe fiz, despeja-la numa outra casa e vir-me embora... também não é o melhor... :S 
Estela, se me estás a ouvir, penso que fiz o melhor possível, dentro das circunstâncias... Também não ia deixar de fazer a minha vida por causa de ti, oh criatura do demo! :P Acho que a gente se entende! :P

A minha tia, a madrinha da Estela, que a trouxe até mim, com o nome de "Lara" (eheheh), está a ser os meus olhos nesta operação. E mandou-me umas fotos que eu adorei e vou partilhar com o mundo, para verem que se justifica esta relação de amor-ódio que tenho com a minha gata! 
Et voilá: Stella, the cat!




Ao colinho da avózinha a apanhar sol... rica vida!! 

Friday, March 12, 2010

extra! extra!

And now, for something completly different: 
Um tipo que viu Jesus numa frigideira depois de fritar bacon! Há que referir que o tipo estava com os copos e que deixou as coisas ao lume durante uma hora. Acordou com a casa cheia de fumo e o senhor desenhado na ausente camada de anti-aderente é que o salvou! Aleluia! 


Eu também quero ver o meu líder espiritual na minha comida!!! 
Eu quero ver um unicórnio na minha quiche de cogumelos!!!!

Fuck off, but thanks for playing!

O correio antigo, o conhecido nos tempos modernos como "snail mail", é depositado na nossa caixa de correio por uma pessoa, num envelope, que se abre como se fosse uma prenda (oh boy, oh boy, oh boy, o que será que vem aqui?) e durante uns míseros segundos enche-nos de emoção!
Mas depois passa. Lemos a mensagem, "gostámos muito de ti mas não tens a experiência que outros candidatos têm, tem uma boa vida". Fica-se triste por uns momentos... uma janela que se fechou... suspira-se... oh well, better luck next time... mas no fim, repara-se que está assinada, com caneta, não é um carimbo nem uma assinatura digitalizada. Houve um carinho, uma atenção, numa tentativa de humanizar a coisa, como uma palmadinha nas costas: there, there, it will be alright.

A carta já está no lixo!